Mestrado em Portugal

Simmm, saí do Brasil para estudar Moda em Portugal, e dessa vez  no nível de mestrado! Resolvi compartilhar aqui com detalhes minha experiência pois isso pode ajudar pessoas que tem o mesmo desejo mas não sabem por onde começar. 

Já havia visitado o país de férias em dezembro de 2020 e iniciei em fevereiro o planejamento para me mudar em 2021. Porém com a pandemia percebi que tudo pode mudar tão rápido e que não vale a pena ficar longe de quem amamos (meu namorado já mora em Portugal há um ano). Então em maio decidi me mudar antes do previsto. Mas pra isso havia um caminho longo a ser trilhado: a candidatura nas universidades, a obtenção do visto e a mudança definitiva do país.

Claro que sem planejamento financeiro nada disso seria possível, já invisto há mais de dois anos e ter reserva financeira nessa etapa foi fundamental. Em minha opinião, esse é o primeiro passo se você deseja se mudar de país para qualquer objetivo.

A primeira etapa então foi pesquisar muito sobre as universidades de Portugal. Escolhi 3 que se adequavam ao meu desejo de estudo e me candidatei na FAUL, UMINHO e UBI. O processo de candidatura é todo online, pago e diferente para cada instituição. Importante lembrar que para candidatura os diplomas, históricos escolares  e outros documentos da graduação precisam estar com apostila de Haia, que é um selo que valida documentos brasileiros no exterior.

Candidatura feita, o próximo passo foi planejar como conseguiria obter o visto de estudante. Devido a pandemia não foi preciso ir a São Paulo, bastou enviar todos os documentos para a VFS por correio (inclusive o passaporte) e aguardar. O processo todo demorou 32 dias, um record por que o prazo é entre 30 e 90 dias. Só enviei toda a documentação quando fui aceita na primeira universidade, pois um dos documentos necessários é a carta de aceitação que a universidade envia. Mas antes dessa carta chegar já providenciei todos os demais necessários que estão listados no site da VFS e por alguns também serem apostilados eu já fui adiantando.

Enquanto tudo isso acontecia, eu ainda estava dando aula em duas universidades, além das turmas aqui na Modele. Comecei então o planejamento pra deixar meu apartamento. Vendi alguns itens, aluguei ele mobiliado e tudo aconteceu muito rápido, menos de um mês e já estava tudo certo. Fui então morar com meus pais mesmo sem ter certeza se conseguiria o visto. Foi ótimo porque além de passar mais tempo com eles consegui economizar bastante (morar sozinha é caro).

Já na casa dos meus pais em junho me desliguei das universidades no final do semestre para conseguir me dedicar somente a Modele e o planejamento da viagem. Também gravei dois módulos para o curso o que leva bastante tempo e exige bastante dedicação. Foi difícil me despedir dos meus alunos, porém toda escolha existe um preço a pagar, e tenho aprendido a abrir mãos de coisas boas que tenho para poder obter outras, não dá pra segurar tudo…eu não conseguiria e fiquei feliz em ter conseguido tomar essa decisão.

Julho chegou e com ele a aceitação! Primeiro lugar  na classificação pro mestrado em design de moda da UBI, que alegria. Enviei então toda a documentação pra VFS em SP dia 23/07 e restou me aguardar. Confesso que quando soube da quarentena da empresa e da greve do correio desanimei um pouco, imaginei que não conseguiria chegar em setembro pras aulas. Foi aí que me enganei, e percebi que quando Deus abre as portas nada impede! Dia 12/08 recebi e-mail de que a documentação estava sendo enviada para o consulado e já fiquei muito feliz, sinal que não houveram pendências no que enviei. Até que dia 24/08 sem nenhum e-mail de aviso recebi o visto por sedex. Alegria imensa! Agora sim, eu iria pra Portugal.

No período que aguardava o visto saiu o resultado das outras duas candidaturas, fui aprovada nas 3 universidades que me candidatei, aí poderia escolher em qual estudar, e minha escolha foi a FAUL – Faculdade de Arquitetura de Lisboa.

Próximo passo: comprar as passagens e fazer o teste do COVID, dois grandes desafios. A passagem foi simples apesar do valor alto por uma passagem só de ida. O teste do covid foi feito 48h antes da viagem e nas semanas que antecederam fiz o máximo para ficar em casa e evitar contato, pois se o resultado fosse positivo tudo estava perdido. Foi uma grande pressão, mas no mesmo dia do exame, sexta dia 04/09 o resultado chegou: NÃO DETECTADO. Que alívio. Estava no shopping, me despedindo de alguns amigos e foi um momento muito especial, jamais esquecerei.

Importante mencionar que não consegui fazer nenhum tipo de despedida antes de viajar mas isso não me fez me sentir menos amada, ao contrário, não imaginava que receberia tantas mensagens, vídeos, abraços de pessoas próximas e distantes! Foi bom demais me sentir tão especial, amada e saber que tem muita gente torcendo por mim.

Hoje, dia 09/09 já é meu segundo dia aqui, de organização, adaptação e muita gratidão. As atividades a fazer ainda são muitas até as aulas começarem no início de outubro e o sentimento é de muita alegria. Mudar é muito bom e eu sou prova disso!

E você que leu até aqui, já passou por alguma grande mudança como a minha? Me conta nos comentários, vou adorar conversar sobre isso!

E se você tem o desejo de vir pra cá, me escreve que posso te ajudar!

Super beijo!

Dyeli Fernandes

9 de setembro de 2020

0 responses on "Mestrado em Portugal"

Leave a Message

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre a Professora

Dyeli Fernandes adora inventar moda! É estilista, modelista e especialista em educação. Atua na área de moda há mais de 20 anos e tem como propósito de vida formar profissionais modelistas para o mercado de trabalho.

Dyeli Corrêa Fernandes - Selo de Profissional Fixando

CONTATO

Avenida Sacadura Cabral, 191 - Almada - Portugal. CEP: 2820-128

Fone: +351 934 567 126

E-mail: contato@modele.design

FORMAS DE PAGAMENTO

PagSeguro

Multibanco

Site Seguro

SITE 100% SEGURO

top
Modele EAD. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por:
Abrir chat